Blog Befit

Setembro Amarelo: A importância da atividade física na saúde mental.

Qual a importancia da atividade fisica e sua influencia na saude mental
851 visualizações
0 comentários

Setembro é reconhecido mundialmente como o Mês da Conscientização e Prevenção do Suicídio. No Brasil, a causa ganhou visibilidade por meio da campanha Setembro Amarelo, criada em 2015 pelo CVV (Centro de Valorização da Vida), em conjunto com o CFM (Conselho Federal de Medicina) e a ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria).

A ideação suicida não é causada por um único motivo, ela pode aparecer de diferentes formas e em um conjunto de situações em que uma pessoa precisa se libertar de pressões externas. E muitas vezes podem ser causadas pelo estresse, então quando falamos em prevenção do suicídio, falamos também em combater essa doença.

É verdade que a melhor forma de prevenir e tratar a depressão é cuidar da mente e do corpo juntos. Segundo pesquisas, pessoas que são fisicamente ativas, independentemente da idade, têm melhor saúde mental do que pessoas sedentárias.

Siga a leitura e veja a importância da atividade física para essa prevenção da depressão, e consequentemente, do suicídio.

Quais os benefícios da atividade física neste cenário?

Tal doença é uma disfunção química no cérebro que afeta neurotransmissores, por exemplo, a serotonina. E, se não controladas, podem causar uma série de alterações psicológicas, levando a pessoa deprimida a sentir profunda tristeza, baixa autoestima, irritabilidade, entre outros sintomas. Em casos extremos, leva ao suicídio.

A prática de atividade física, de qualquer natureza, traz muitos benefícios. Além de melhorar a condição física, também contribuem para melhorar as habilidades cognitivas e reduzir os níveis de ansiedade e estresse em geral.

Alguns especialistas acreditam que isso é possível porque o corpo produz substâncias ao se exercitar, como endorfina, serotonina e noradrenalina, que estimulam a sensação de bem-estar, aliviando os sintomas da depressão.

É importante mencionar que os exercícios funcionam como coadjuvantes e devem estar vinculados ao cuidado profissional, que pode precisar incluir, além da psicoterapia, o uso de medicamentos.

Melhores atividades para manter uma boa saúde mental

Em geral, as sessões de treinamento precisam se concentrar em atividades e movimentos, que acabam desviando a atenção dos sentimentos de ansiedade, estresse e preocupação.

Outros aspectos importantes sobre o exercício são seus relacionamentos e o aumento da autoconfiança e interação social – conexão com outras pessoas -, o que pode ter impacto na saúde mental.

Os melhores exercícios para isso, são:

Corrida: Aumenta a concentração, alivia o estresse, traz benefícios emocionais, relaxa a mente e reduz a ansiedade;

Yoga: traz calma, equilíbrio, combate o estresse, ajuda a reduzir a ansiedade e protege contra pensamentos negativos;

Musculação: o exercício também ajuda a melhorar o humor, diminuir a tristeza e é parceiro no tratamento da depressão, aumentando também a autoestima e autoconfiança;

Natação: é importante para ter energia ao longo do dia, ajuda a controlar a respiração e a combater o stress.

A terapia também tem grande parcela

Outro ponto importante é buscar apoio de um psiquiatra e um psicólogo. Esses profissionais são parte importante para manter a saúde mental em dia!

Existem alternativas para todos os orçamentos: até as universidades costumam oferecer serviços. Além disso, existem sites que oferecem serviços a um preço acessível, mesmo para empresas.

Para te ajudar nessa caminhada, você pode contar com a BeFit! Faça uma aula experimental com a gente, eu garanto que você vai se apaixonar por tudo!

COMPARTILHE ESSA POSTAGEM

Vamos Começar?

Contato





    Siga nossas redes sociais e conheça mais sobre nosso dia a dia!

    Redes Sociais Befit

    Rua Cancioneiro Popular 402. Ao lado da UNIP da Paz, Consulado Americano e 10 minutos a pé do Morumbi Shopping. São Paulo - SP
    CEP 04710000

    × Como posso te ajudar?